Símbolos oficiais do Brasil

A Lei dos Símbolos Nacionais do Brasil, rege os Simbolos Nacionais Oficiais Pétreos, ou seja, aqueles que estão na Constituição. Pois, a cultura nacional conta ainda com os simbolos nacionais institucionais e ou de ocasiões.

Os 4 Símbolos Nacionais Oficiais do Brasil são:
Bandeira Nacional, das Armas Nacionais, do Selo e do Hino Nacional do Brasil.
Porém a cultura nacional conta ainda com mais alguns símbolos nacionais que também são oficiais.

ATENÇÃO:
Todos estes símbolos são regidos por leis que os protegem de abusos, devendo assim o seu respeito, sob efeito de penas legais atribuídas.

Hino à bandeira do Brasil
O Hino à Bandeira do Brasil tem letra de Olavo Bilac (1865-1918) e música de Francisco Braga (1868-1945). Foi apresentado pela primeira vez em 1906. Surgiu de um pedido do prefeito do Rio de Janeiro, Francisco Pereira Passos, ao poeta Olavo Bilac e ao Profº. Francisco Braga. Inicialmente foi utilizado pela prefeitura Carioca, que na época era capital federal, sendo cantado nas escolas e posteriormente sua execução foi se estendendo às corporações militares e demais estados.

As Armas Nacionais

(são um símbolo nacional pétreo)
Armas Nacionais do Brasil

As Armas Nacionais são um dos quatro símbolos oficiais da República Federativa do Brasil, conforme estabelece o art. 13, § 1.º, da Constituição do Brasil. Os outros símbolos da República são a Bandeira Nacional, o Hino Nacional e o Selo Nacional. As Armas Nacionais foram idealizadas pelo engenheiro Artur Zauer e desenhadas por Luís Gruder sob encomenda própria do presidente Manuel Deodoro da Fonseca.

 As Armas Nacionais compõem também a Faixa Presidencial, na parte frontal da mesma.
*A versão em preto e branco também é aceite e oficial.

Bandeira Nacional do Brasil
(é um símbolo nacional pétreo)
Bandeira do Brasil

Bandeira do Brasil, também chamada de Auriverde, é composta por uma base verde em forma de retângulo, sobreposta por um losango amarelo e um círculo azul, no meio do qual está atravessada uma faixa branca com o lema nacional, em letras maiúsculas verdes. O Brasil adotou oficialmente este projeto para sua bandeira nacional em 19 de novembro de 1889, substituindo a bandeira do Império do Brasil.

O conceito foi criado por Raimundo Teixeira Mendes, com a colaboração de Miguel Lemos, Manuel Pereira Reis e Décio Villares.

O campo verde e o losango dourado da bandeira imperial anterior foram preservados – o verde representava a Casa de Bragança de Pedro I, o primeiro imperador do Brasil, enquanto o ouro representava a Casa de Habsburgo de sua esposa, a imperatriz Maria Leopoldina. O círculo azul com 27 estrelas brancas de cinco pontas substituiu o brasão de armas do Império. As estrelas, cuja posição na bandeira refletem o céu visto no Rio de Janeiro em 15 de novembro de 1889, representam as unidades federativas - cada estrela representa um estado específico, além do Distrito Federal.

O lema "Ordem e Progresso" é inspirado pelo lema do positivismo de Auguste Comte: ""L'amour pour principe et l'ordre pour base; le progrès pour but" ("O amor como princípio e a ordem como base; o progresso como meta").

Hino Nacional do Brasil
(é um símbolo nacional pétreo)

O Hino Nacional Brasileiro é um dos quatro símbolos oficiais da República Federativa do Brasil, conforme estabelece o art. 13, § 1.º, da Constituição do Brasil. Tem letra de Joaquim Osório Duque Estrada (1870 - 1927) e música de Francisco Manuel da Silva (1795 - 1865). Foi adquirida por 5:000$ cinco contos de réis a propriedade plena e definitiva da letra do hino pelo decreto n.º 4.559 de 21 de agosto de 1922  pelo então presidente Epitácio Pessoa e oficializado pela lei n.º 5.700, de 1 de setembro de 1971, publicada no Diário Oficial (suplemento) de 2 de setembro de 1971.

A partir de 22 de setembro de 2009, o hino nacional brasileiro tornou-se obrigatório em escolas públicas e particulares de todo o país. Ao menos uma vez por semana todos os alunos do ensino fundamental devem cantá-lo.

Fato:
Boa parte dos próprios brasileiros não sabem mas há uma letra na parte instrumental na introdução ao hino do qual todos sabem e cantam.
Clica na imagem para conhecer e ouvir:
Resultado de imagem para seta de reproduzir clipe
Letra da introdução do Hino Nacional Brasileiro
Espera o Brasil que todos cumprais com o vosso dever
Eia! Avante, brasileiros! Sempre avante
Gravai com Buril nos pátrios anais o vosso poder
Eia! Avante, brasileiros! Sempre avante

Servi o Brasil sem esmorecer, com ânimo audaz
Cumpri o dever na guerra e na paz
À sombra da lei, à brisa gentil
O lábaro erguei do belo Brasil,
Eia! sus*, oh, sus!
A palavra "sus" é uma interjeição que vem do latim sus: "de baixo para cima"; que chama à motivação: erga-se!, ânimo!, coragem! Neste contexto é sinônimo de "em frente, avante".

Selo Nacional do Brasil
(é um símbolo nacional pétreo)

O Selo Nacional é um dos quatro símbolos oficiais da República Federativa do Brasil, conforme estabelece a Lei 5700, de 1º de setembro de 1971 e a Constituição Federal em seu artigo 13, parágrafo segundo.
Foi criado através do Decreto nº 4, de 19 de novembro de 1889, e atende às seguintes especificações:

É formado por um círculo representando uma esfera celeste, idêntica à da bandeira nacional, tendo em volta as palavras "República Federativa do Brasil".

É usado para autenticar os atos de governo, os diplomas e certificados expedidos por escolas oficiais ou reconhecidas.

*A versão em preto e branco também é aceite e oficial.

Bandeira presidencial do Brasil
(é um exemplo de símbolo nacional de reserva institucional)
Bandeira presidencial do Brasil
A Bandeira presidencial do Brasil é a bandeira oficial do Presidente da República Federativa do Brasil. Foi adotado oficialmente em 1907, através do Decreto nº 6310 , sendo modificado posteriormente em 1947, quando o brasão de armas foi movido ao centro do retângulo verde, tomando a forma atualmente utilizada.

Bandeira vice-presidencial do Brasil
Bandeira vice-presidencial do Brasil
A bandeira vice-presidencial do Brasil é uma bandeira-insígnia, oficial do Vice-Presidente da República Federativa do Brasil, e destinada a assinalar a presença dessa autoridade, bem como distingui-la das demais autoridades civis. Foi criada em 6 de agosto de 1971 pelo do decreto 69.026.

Faixa presidencial
(é um símbolo nacional de ocasião, a posse presidencial)

No Brasil a faixa presidencial foi instituída através do Decreto n.° 2.299, de 21 de Dezembro de 1910, assinado pelo Presidente da República Hermes da Fonseca.
Inicialmente, conforme o decreto de criação, a faixa presidencial do Brasil tinha 15 cm de largura, mas uma resolução posterior diminuiu a largura para 12 centímetros por 1,67 m de comprimento. Atualamente a faixa voltou a ser construída obedecendo as medidas do decreto de criação.

Sabiá-laranjeira
(é considerada ave símbolo-nacional)


Flor do Ipê-amarelo
(é a flor símbolo-nacional)


Pau-brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...