8 Nomes bizarros de navios negreiros portugueses

Durante os anos de escravatura foram vários os navios negreiros que cruzaram os mares transportando milhões de pessoas. Um levantamento de nomes levado a cabo por historiadores brasileiros revelou os nomes dos navios que, pela sua operação, revelam algo sobre os comerciantes de escravos: o seu cinismo.


Na década de 1960, a Universidade de Emory, nos EUA, começou um estudo sobre o comércio transatlântico de seres humanos. De acordo com a instituição, entre os séculos XVI e XIX, foram catalogadas cerca de 35 mil viagens que podem ter estado na origem do embarque e aprisionamento de 12 milhões de escravos. Desse número foram transportados de África para o Brasil, cerca de 4,8 milhões de escravos. Estes e outros dados estão disponíveis no site Slave Voyages.

Num levantamento realizado por investigadores brasileiros, uma verdade incómoda veio ao de cima: os nomes dados a esses navios dissimulavam a verdadeira natureza da sua mercadoria.


Segundo Daniel Domingues da Silva, um dos historiadores responsáveis pela equipa de pesquisa, em declaração ao site brasileiro Geledês, os nomes dos navios eram escolhidos pelos donos dos barcos que "pensavam que estavam a ajudar a resgatar a alma dos africanos para o reino de Deus, ou seja, trazendo os escravos de uma terra onde o paganismo imperava para a cristandade".

Fique a conhecer oito exemplos de navios, com bandeira portuguesa, ao longo desse período:

1. "Amável Donzela" (1788 a 1806)

Rota: Cacheu/Guiné-Bissau - Brasil
Travessias realizadas: 11
Escravos transportados: 3.838
Escravos mortos durante as viagens: 298


2. "Boa Intenção" (1798 a 1802)
Rota: Angola - Brasil
Travessias realizadas: 2
Escravos transportados: 845
Escravos mortos durante as viagens: 76

3. "Brinquedo dos Meninos" (1800 a 1826)
Rotas: São Tomé e Príncipe, Nigéria, Gana, Benim e Angola - Brasil
Travessias realizadas: 11
Escravos transportados: 3.179
Escravos mortos durante as viagens: 220

4. "Caridade" (1799 a 1836)
Rotas: Angola, São Tomé - Brasil
Travessias realizadas: 20
Escravos transportados: 6.263
Escravos mortos durante as viagens: 392
Houve quatro embarcações distintas com este nome mas para o mesmo propósito

5. "Feliz Destino" (1818 a 1821)
Travessias realizadas: 3
Escravos transportados: 1.139
Escravos mortos durante as viagens: 104

6. "Feliz Dias a Pobrezinhos" (1812)
Rota: Moçambique - Brasil
Travessias realizadas: 1
Escravos transportados: 355
Escravos mortos durante a viagem: 120

7. "Graciosa Vingativa" (1840 a 1845)
Rota: Nigéria, Benim - Brasil
Travessias realizadas: 10
Escravos transportados:1.257
Escravos mortos durante as viagens: 125

8. "Regeneradora" (1823 a 1825)
Rota: Angola - Brasil
Travessias realizadas: 7
Escravos transportados: 1.959
Escravos mortos durante as viagens: 159
Houve três embarcações com este nome

Fonte:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...