10 Mais bonitos Parques Nacionais do Brasil

10 lugares que você deveria conhecer antes de pensar em viajar para fora do Brasil

Parque Nacional do Pantanal, Mato GrossoFoto: Fundação Grupo Boticário
É praticamente uma obrigação para quem gosta de viajar. Quando é época das cheias, o Rio Paraguai forma enormes áreas inundadas de grande beleza. Mas no período da seca (maio a setembro), o parque também merece uma visita, pois é mais fácil observar a incrível diversidade de fauna pantaneira. A principal atração turística é a observação embarcada de animais silvestres, incluindo aves em seus ninhais, capivaras, cervos-do-pantanal, jaguatiricas, lontras, cobras e jacarés. Nesse parque nacional, o único de todo o Pantanal, existem mais de 4.700 espécies registradas.

Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha, Pernambuco
Foto: Marcos Amend/Fundação Boticário
Conhecidas por serem um dos destinos mais desejados pelos brasileiros, as praias do Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha encantam até aqueles que já estão acostumados com paisagens paradisíacas. As águas quentes e transparentes do parque chegam a ter 50 metros de visibilidade e, com isso, atraem mergulhadores do mundo inteiro.
A Praia do Sancho foi escolhida a mais bonita do mundo pelo site de viagens Trip Advisor. Tartarugas, golfinhos, peixes coloridos e até tubarões podem ser avistados nos “mares” de Fernando de Noronha. É um destino realmente impressionante!

Parque Nacional do Superagüi, Paraná

Foto: Zig Koch/Fundação Boticário
Com 38 quilômetros de praias desertas, que podem ser visitadas a pé ou em passeios de bicicleta. Outra atração muito procurada é a observação de botos em suas baías ou ainda a revoada dos bandos dos papagaios-da-cara-roxa nas ilhas Pinheiro e Pinheirinho. Vale a pena esticar um pouco o passeio e conhecer a Reserva Natural Salto Morato, que possui uma queda d’água de cem metros de altura e um aquário natural com água cristalina. Administrada pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, a reserva também é muito procurada para observação de aves.

Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro

Foto: Daniel De Granville/Fundação Boticário
Visita obrigatória no Brasil, o Parque Nacional da Tijuca é o mais visitado do país, recebendo cerca de dois milhões de pessoas por ano. Ainda no Rio, as atrações mais conhecidas são os morros do Corcovado com o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar. Além desses, a Pedra da Gávea também atrai muitos turistas que buscam a emoção da prática da asa delta. As praias cariocas completam a paisagem de tirar o fôlego.

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, Maranhão

Foto: Fundação Boticário
Com o visual de uma obra abstrata, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses possui campos de dunas livres que chegam a 40 metros de altura, além de muitas lagoas que são um convite aos mergulhos. O melhor período para se visitar o parque é entre maio e setembro, quando as lagoas estão cheias (não perca uma chamada “Lagoa Bonita” – o nome indica por quê). Os manguezais, que são fruto de um fenômeno geológico de milhares de anos, também são atrativos. É uma paisagem inesquecível! A cidade mais próxima do parque é Barreirinhas (MA), a 320 km de São Luís.

Parque Nacional do Iguaçu, Paraná

Foto: Haroldo Palo Jr/Fundação Boticário
Se você fizer uma lista elencando os lugares que precisa conhecer no Brasil, coloque o Parque Nacional do Iguaçu no topo. Localizado em Foz do Iguaçu (PR), na fronteira com a Argentina, o parque abriga as mundialmente famosas Cataratas do Iguaçu, que são sua principal atração. Consideradas uma das novas sete maravilhas da natureza, as quase 300 quedas que formam as cataratas estão dispostas em aproximadamente 2.700 metros de largura, precipitando-se em quedas que chegam a 80 metros de altura. Turistas brasileiros e internacionais ficam encantados com o volume de água que jorra dos saltos, que em 2013 chegou a 15 milhões de litros por segundo.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Goiás

Foto: Daniel de Granville/Fundação Boticário
Visitar o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é uma viagem à história e à natureza do Cerrado. Localizado entre os municípios Alto Paraíso e Cavalcante, em Goiás, a cerca de 200 km de Brasília, o parque é referência para os amantes do chamado ecoturismo. Não é por menos: abriga rios cristalinos, cachoeiras de mais de 100 metros, além de trilhas e imensos paredões de pedras. Outro charme especial são os pequenos povoados e comunidades tradicionais localizados nos arredores do parque, nos quais é possível conhecer mais sobre a história do local com os moradores antigos, que fizeram parte dela. Declarado como Patrimônio Mundial Natural, o parque também preserva áreas de antigos garimpos. O passeio é ideal para quem gosta de cachoeiras e para aqueles que precisam se desligar do dia a dia e repor as energias.

Parque Nacional da Chapada Diamantina, Bahia

Foto: Daniel de Granville/Fundação Boticário
O Parque Nacional da Chapada Diamantina protege ambientes variados, como formações florestais, campestres e rupestres. A beleza cênica é única e os atrativos são muito variados, como cachoeiras, grutas e trilhas. Quando for visitar, não deixe de conhecer a Cachoeira da Fumaça, o Morro do Pai Inácio, o Poço Encantado e a Gruta da Torrinha. Mas prepare- se: o acesso aos atrativos é feito por caminhadas. O parque tem visitação livre e é possível conhecê-los por várias localidades, como Lençóis, que está a cerca de 400 km de Salvador (BA).

Parque Nacional da Amazônia, Pará

Foto: Marcos Amend/Fundação Boticário
Todo brasileiro precisa conhecer o Parque Nacional da Amazônia. Esse parque protege inúmeras nascentes de rios que contribuem para a formação dos rios Amazonas e Tapajós. Esse último possui uma trilha interpretativa dentro do parque, com 2,6 km de extensão ao longo de sua margem. Outro grande atrativo é o circuito de lagos – dos Patos, das Capivaras e dos Jacarés. A melhor época para visitá-lo é entre julho e outubro, quando as temperaturas são mais amenas e os dias mais claros. É importante levar sua própria alimentação e também água potável. A infraestrutura de atendimento ao visitante é limitada. O parque está localizado em Itaituba (PA) – a cerca de 1.400 da capital Belém – e a cidade grande mais próxima é Santarém (PA), a aproximadamente 360 km.

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, Bahia

Foto:  Fundação Boticário
Um visual incrível é o que você vai ver ao chegar de barco na Ilha Siriba, a única que é aberta a visitação do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Conchas, corais, peixes coloridos e piscinas naturais. Esse paraíso foi a primeira unidade de conservação marinha do Brasil e abriga a maior biodiversidade marinha do Atlântico Sul. O mergulho também é uma boa pedida. Se você for entre julho e novembro, ainda tem chance de ver as baleias-jubarte, que usam as águas quentes e tranquilas para procriar. Até Charles Darwin conheceu esse parque em 1832.

Nota: Todos estes parques são administrados pelo Governo Federal do Brasil entendendo que a visita a alguns destes parques devem ser agendada com as Coordenações Regionais de cada um deles, estando sujeitos à disponibilidades de número de visitantes, clima e outros afins.

Fontes: 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...